4 truques para um bronzeado rápido e saudável

Antiaging, Beleza, Saúde
27 Jun, 2016

Com a chegada do verão, chegam também as idas à praia, o bronzeado e, por vezes, as queimaduras solares.

Devido aos longos meses de inverno, nesta altura do ano a tua pele encontra-se indefesa aos raios ultra-violeta (UV). E, a vontade em conseguires um bronzeado rápido pode fazer com que passes demasiado tempo exposta ao sol, colocando em risco a saúde e juventude da tua pele.

Como é que a tua pele bronzeia?

Quando os raios UV atingem a melanina (pigmento da pele), esta proteína escurece de modo a proteger o teu ADN, impedindo assim que estes o danifiquem. Isto significa que o bronzeado acaba por ser uma resposta, por parte do teu organismo, de defesa aos raios UV de maneira a proteger as tuas células.

Quando a exposição solar não é excessiva, a tua pele não sofre, alías, até acaba por beneficiar pois tem a oportunidade de sintetizar vitamina D (lê mais sobre este tema em “A importância da vitamina D“). No entanto, quando permaneces demasiado tempo exposta aos raios UV, a tua pele pode inflamar e chegar mesmo a queimar (sim, “escaldões” são queimaduras!).

Eu compreendo que queiras conseguir um bronzeado rápido, mas também é importante que tenhas a consciência de que a saúde e juventude da tua pele devem – ou deveriam – estar em primeiro lugar.

Exposição solar excessiva = envelhecimento da pele

Estes quatro truques, que partilharei agora contigo, são simples, económicos e, não só irão dar uma cor fantástica à tua pele, como também irão nutri-la e protegê-la do envelhecimento precoce.

1. COME ALIMENTOS RICOS EM BETA-CAROTENOS

Os beta-carotenos têm a capacidade de escurecer a cor da pele, por isso, quando tu comes uma boa quantidade destes nutrientes, que se encontram nos alimentos de cor laranja e vermelha, o excesso de carotenóides são armazenados nas células de gordura, que existem debaixo da tua pele, simulando um bronzeado.

Estes carotenos também ajudam a prevenir rugas, através da neutralização dos radicais livres, após teres passado demasiado tempo ao sol. Logo, come bastantes cenouras, batata doce laranja, abóbora, tomates, pimentos.

Nota: evita comer estes alimentos em demasia, pois podes desenvolver uma condição chamada “carotenemia”, que consiste numa coloração amarelada na pele , principalmente palmas das mãos e dos pés.

2. FAZ UMA BOA ESFOLIAÇÃO NATURAL

A pele é constituída por várias camadas, sendo que a mais superficial – a epiderme – contém milhões de células que se encontram já mortas. Caso não sejam removidas, não só a pele irá ficar mais áspera e pouco brilhante, como o bronzeado não será tão homogéneo – uma vez que as zonas mais ásperas tendem a atrair e conter mais cor. Deste modo, convém que faças uma boa esfoliação de pele uns dias antes de apanhares sol.

Os esfoliantes que uso e recomendo são os seguintes (corpo e cara, respetivamente):

(clica nas imagens para acederes aos produtos)

3. APLICA AZEITE NA PELE APÓS TERES APANHADO SOL

Sim, azeite! O azeite extra virgem contém altos níveis de Vitamina E e polifenóis – antioxidantes que reforçam as paredes celulares da pele – ajudando a prevenir o aparecimento de rugas. As propriedades hidratantes do azeite também fazem com que as células não sequem e mantenham a sua íntegridade e elasticidade.

Um estudo médico, publicado na US National Library of Medicine, concluiu que o azeite extra virgem apresenta propriedades anticancerígenas. Neste estudo, os investigadores aplicaram três sessões de raios UV durante uma semana a ratinhos sem pêlo. Cinco minutos após cada sessão, os investigadores aplicaram azeite na pele de um grupo de ratinhos, azeite extra virgem noutro grupo e nada num terceiro grupo de ratinhos. Passadas 18 semanas, os grupos de ratinhos ao qual nada foi aplicado e ao qual foi aplicado apenas azeite, apresentavam tumores de pele em crescimento. Os que receberam azeite extra virgem demoraram mais 6 semanas a manifestarem aparecimento de tumores, sendo que estes eram muito pequenos e com pouco dano no ADN das suas células.

Ou seja, “bezunta-te” com azeite extra virgem assim que chegares da praia!

Nota: caso já tenhas queimaduras solares, não coloques azeite. Lê o artigo “4 truques caseiros para queimaduras solares” para aprenderes mais sobre este tema.

4. APANHA SOL GRADUALMENTE E APENAS NAS HORAS MAIS SEGURAS

O principal segredo, para um bronzeado rápido e saudável, consiste em apanhares sol de maneira gradual e nas horas do dia em que os raios solares já se encontram mais fracos (antes das 11 horas e a partir das 16-17 horas).

Tu precisas do sol e de receber a sua energia. No entanto, é muito importante saberes dosear a exposição solar, principalmente nos primeiros dias da temporada. Logo, o truque está em começares a apanhar sol nas horas em que os raios UV estão mais fracos. Assim que a tua pele começar a picar (uma leve sensação de calor/ardor) ou a ficar vermelha, é sinal de que precisas ir para a sombra e que, nesse dia, a tua pele já teve suficiente exposição.

Por exemplo, podes começar por apanhar sol ao final da tarde durante uns 15-20 minutos. No dia seguinte, aumentas um pouco mais o tempo de exposição, e assim sucessivamente, até que a tua pele já não tenha uma resposta inflamatória, ficando vermelha, e se tenha adaptado ao calor e raios solares.

 

O verão é uma estação maravilhosa que nos oferece a oportunidade de aproveitarmos uma das maiores dádivas da natureza: o sol. Através dos seus raios, e quando não bloqueados por protetores solares, nós recebemos uma imensa energia, inclusivamente terapêutica, e sem a qual morreríamos. Porém, é essencial sabermos utilizar este “medicamento”.

Muito mais importante do que um bronzeado, é mantermos e cultivarmos a nossa saúde. Logo, desfruta destes dias fantásticos de verão, cuidando ao mesmo tempo da saúde e juventude da tua pele.

Francisca Guimarães

Francisca Guimarães

"No blog, partilho dicas que te vão ajudar a estar bonita, saudável, jovem e cheia de energia."

Share This