Escolha uma Página

A importância da vitamina D para a tua sobrevivência

Antiaging, Beleza, Saúde
21 Fev, 2014

Este Inverno tem sido intenso. Muita chuva, muito frio e tantas tempestades estranhas ao povo português. Escuto diariamente as pessoas queixarem-se da falta de sol, e, por mais que tenha em conta que as pessoas haverão sempre de se queixar do tempo (hhmm….e de tudo em geral!), eu tenho que concordar. Aqueles dia frios de Inverno, mas aquecidos pelos raios de sol têm sido uma raridade.

A sensação de bem-estar e prazer que o sol nos dá é única e insubstituível. Se reparares, no Verão as pessoas estão mais alegres, extrovertidas e vêm a vida com uma perspetiva muito mais positiva. Isto são factos, mas já te perguntaste qual a razão de isto acontecer?

A nossa espécie evoluiu – principalmente – devido ao Sol. Ele é o elemento “fogo” sem o qual toda a nossa existência entraria em declínio. Nós precisamos tanto do Sol, como de água, comida e oxigénio. No entanto, a era industrializada tem vindo a menosprezar a importância que esta linda estrela tem na nossa vida – e sobrevivência.

Existem muitos estudos realizados sobre a relação entre o Sol e a saúde física e mental. Cada vez mais cientistas se fascinam com os poderes curativos desta estrela, e por muito que as conclusões apontem para uma área um pouco mais metafísica, existe uma explicação concreta que se encontra na base dos poderes terapêuticos do Sol:

a Vitamina D

Com certeza já ouviste falar desta Vitamina. Ou será que foi da C, E ou talvez B? Pois, são tantas, certo? A verdade é que todas elas são indispensáveis à nossa saúde e apenas são obtidas através dos alimentos. No entanto, a Vitamina D é uma vitamina especial pois é obtida através da exposição da tua pele ao sol (sem protetor solar, claro!).

Esta vitamina é tão importante que o nosso organismo consegue sintetizá-la sozinho – apenas necessita de raios solares (mais concretamente os raios UVB). O que acontece é que de cada vez que o sol penetra a tua pele, parte do colesterol existente é convertido em Vitamina D3. Após esta vitamina ter passado pelo fígado e rins, ela encontra-se finalmente ativa e funcional.

Mas qual a importância assim tão vital da Vitamina D?

Esta vitamina tão essencial à vida aumenta a absorção do cálcio, ferro, magnésio, fosfato e zinco. Aliás, as pessoas preocupam-se imenso com a ingestão de cálcio, mas se não houver vitamina D para ajudar este mineral a ser absorvido, este acaba por ser eliminado.

É estimado que cerca de 90% da população americana tem deficiência de Vitamina D (isto é alarmante!). Pois, minha querida, e o problema é que a deficiência desta vitamina está relacionada com:

  • cancro (todos os tipos)
  • doenças cardíacas
  • depressão
  • excesso de peso
  • doenças auto-imunes
  • depressão
  • diabetes
  • gripes
  • doenças neuro-musculares
  • osteoporose

Como podes constatar, a falta desta vitamina está relacionada com todo o tipo de distúrbios característicos da nossa era. Tudo isto porque passamos demasiado tempo metidas em ambientes fechados. E de cada vez que nos expomos ao Sol, “besuntamo-nos” de protetor solar, porque achamos que o Sol é “mau”.

Principalmente no Inverno, em que a exposição solar – e a intensidade dos UVB – é mais fraca, torna-se essencial ter um cuidado extra em relação à existência desta vitamina no nosso organismo. O ideal é mesmo sintetizá-la através dos raios solares (só para teres uma ideia, em poucos minutos de exposição solar, o teu organismo sintetiza cerca de 1,000 unidades de Vitamina D), pois não só irás beneficiar da Vitamina D, como também de todos os outros poderosos benefícios do Sol. No entanto, e uma vez que este Inverno não tem facilitado a vida a esta vitamina, os suplementos* são uma opção bastante útil.

As dosagens mínimas diárias que o Institute of Medicine recomenda são:

– 400 unidades para bebés até um ano;

– 600 unidades de 1-70 anos;

– 800 unidades para > de 70 anos;

Não existem relatos sobre algum tipo de efeito secundário de doses elevadas de Vitamina D, uma vez que o excesso é destruído. E ainda bem, pois se fosse possível ter uma overdose de Vitamina D, os surfistas e habitantes de ilhas tropicais teriam de andar com fatos de astronauta para se protegerem do sol!

Por mais que este Inverno esteja a ser bastante cinzento, aproveita cada raio de sol para receberes a sua energia. A melhor altura, durante esta estação fria, para beneficiares do poderes do Sol é entre as 10 e as 13, pois é o momento do dia em que os raios UVB estão mais fortes. Arregaça as mangas, deixa os óculos de sol de parte e deita-te num bom jardim a apanhar sol. Aposto todas as estrelas do Universo como após uns minutos vais estar a sentir-te tão mais viva, feliz e saudável. É este mesmo o efeito do Sol – dar-nos vida…e Luz.

* – No caso de estares a fazer algum tipo de medicação à base de esteróides, fenobarbital, redutores do colesterol ou diuréticos deves contactar antes o teu médico, pois podem comprometer a absorção ou da Vitamina D ou do próprio medicamento.

Francisca Guimarães - Miss Kale

Francisca Guimarães

"No blog, partilho dicas que te vão ajudar a estar bonita, saudável, jovem e cheia de energia."

EBOOKS

 

MARCAS QUE RECOMENDO

logo - conasi

 

logo - ORGANII

Logo Circulobio

Logo Simplyflow by Fatima Lopes