O que todas as mães precisam saber para criar bebés felizes e tranquilos

Corpo e Alma
17 Fev, 2017

Criar um filho é difícil.

Aliás, eu costumo dizer que pari-los é bem mais simples do que educá-los, principalmente quando se é mãe pela primeira vez.

Tudo é uma novidade.

As noites a fio sem dormir.

A amamentação, que para tantas mulheres pode ser extremamente desafiante.

O cansaço que parece não ter fim.

A inexperiência. A solidão. A vulnerabilidade.

A adaptação à nova rotina, ao papel de mãe, à relação que se tem com o companheiro, família e amigos e à nova perspetiva que temos sobre a vida.

Tudo muda. Para sempre.

E os palpites e comentários (não requisitados!), daqueles que nos rodeiam?!

“O quê, tu andas com o teu filho no sling o dia inteiro? Ui, ele vai ficar cá um mimado!”

“O teu filho dorme na tua cama? Olha que ele pode morrer asfixiado!”

“Tu adormece-lo ao colo?!”

Ufa!

Nós, como mães, não nascemos com um manual de instruções. Necessitamos recorrer ao nosso instinto, intuiçãosabedoria de outras mulheres que foram mães antes de nós.

O único livro que li e recomendo

Eu não aprecio livros de bebés nem de grávidas. Aliás, durante toda a minha gravidez, não li um único livro sobre nenhum destes dois temas.

Contudo, houve um livro que sim li. E que adorei. E que mudou a maneira como me relaciono com o meu bebé. E pelo qual ainda hoje me sinto grata.

Comecei a lê-lo num momento de desespero, em mais uma noite sem dormir, em que me sentia exausta e sem saber o que fazer para ajudar o meu filho, na altura ainda recém-nascido, a adormecer.

Este livro, escrito pela Constança Cordeiro Ferreira, tocou o meu coração de mãe inexperiente e trouxe-me alento. Encorajou-me a confiar no meu instinto e, principalmente, ensinou-me a conhecer o meu bebé e a aprender a ler as mensagens que constantemente me tentava transmitir.

É um livro que considero de leitura obrigatória a todas as mães, especialmente às recém-mães, aquelas que se aventuraram pela maternidade, desconhecendo que esta pode ser a experiência mais maravilhosa, embora também a mais difícil, de toda a sua vida.

(Clica na imagem para acederes ao livro)

Fotografia: por Dreamaker.

Francisca Guimarães

Francisca Guimarães

"No blog, partilho dicas que te vão ajudar a estar bonita, saudável, jovem e cheia de energia."

Share This